séries

 

Aqui estou com abstinência (bem pesada) de GOT, o que fazer com isso? Me afundar em mais séries, claramente. Então selecionei minhas série favoritas, algumas são novas, terminei recentemente e outras estou assistindo ainda na netflix.

Já deixo adiantando que todas são ótimas! Vamos a lista? 😀

 

Mindhunter . 

Essa série é baseado no livro best-seller do NYT, que relata os anos que John Douglas passou perseguindo serial killers, desenvolvendo seus perfis para prever seus próximos passos  A série mostra como eles tiveram dificuldade em serem os primeiros a envolver crime com psicologia, e também foram eles que surgiram com o termo “serial killer”. O que eu mais gosto é que geralmente quando vemos filmes/série sobre o assunto foca sempre nos assassinatos e neste mostra mais os diálogos e lado psicológico, então esteja preparado.

– Primeira temporada

 

Alias Grace .  

Grace Marks (Sarah Gadon) é uma jovem irlandesa de classe média baixa, que se muda para o Canadá junto com a sua família. Contratada para trabalhar como empregada doméstica na casa de Thomas Kinnear (Paul Gross), ela é condenada à prisão perpétua pelo assassinato brutal do seu patrão e da governanta da casa, Nancy Montgomery (Anna Paquin). Passados 16 anos desde o encarceramento da imigrante, o Dr. Simon Jordan (Edward Holcroft) é contratado e analisa o caso e fará de tudo para descobrir a verdade sobre o caso. O mais bizarro é que tudo isso é baseado em fatos reais

– Primeira temporada

 

Vikings . 

A série é inspirada nas histórias de invasões, comércio e exploração dos Nórdicos da Escandinávia medieval. Geralmente quem gosta de GOT, também ama essa série, eu sou uma prova viva disto. A série segue as explorações do lendário líder Viking Ragnar Lothbrok uma figura histórica que viveu no período Medieval. Considerando-se descendente de Odin, Ragnar busca dominar vários territórios da Europa.

– Quinta temporada (o netflix ainda não disponibilizou a quarta temporada completa)

 

The Last Kingdom .

A história acompanha o jovem Uhtred, um nobre que perdeu os pais em um dos ataques vikings. Levado e criado por eles, Uhtred cresce e se torna um guerreiro. Mais tarde, ele parte com a missão de conquistar as terras onde nasceu.  Enquanto isso, o Rei Alfredo enfrenta problemas políticos e religiosos para unificar os reinos e transformá-lo no que hoje é a Inglaterra.

– Segunda temporada ( netflix não disponibilizou a segunda temporada)

 

Anne with An “E” .

Depois de treze anos sofrendo no sistema de assistência social, a orfã Anne é mandada para morar com uma mulher ranzinza e seu irmão. A pequena menina é repleta de imaginação e de seu intelecto, a Anne vai transformar a vida de sua família adotiva e da cidade que lhe abrigou, lutando pela sua aceitação e pelo seu lugar no mundo.

– Primeira temporada (foi renovada para segunda temporada)







 

4118bc185081d7b9ff5160dc6e5304cbaab081a7

Stranger Things é uma websérie americana de suspense, ficção científica e terror criada pelos irmãos Matt e Ross Duffer e distribuída pela Netflix.

A série se passa no ano de 1983 e é altamente tematizada pelos elementos culturais da década, com uma trilha sonora toda remetente aos marcantes sintetizadores da época e inúmeras referências a obras de Steven Spielberg, John Carpenter  e Stephen King, considerados as grandes inspirações dos Irmãos Duffer para a realização do projeto. Na trama, Will um garoto desaparece misteriosamente na pequena cidade de Hawkins, Indiana, e faz seus amigos Mike, Dustin e Lucas partirem por sua busca, mas no caminho encontram uma estranha menina, Eleven, com misteriosos poderes.

Enquanto a família e os amigos tentam entender o que aconteceu, o chefe de polícia Hooper inicia uma investigação e se depara com experiências secretas conduzidas pelo governo numa base militar no subúrbio da cidade.

tumblr_odi3774q3w1qaz66oo1_400tumblr_odi3774q3w1qaz66oo2_400

A primeira temporada foi disponibilizada no dia 15 de julho de 2016 e possui oito episódios com cerca de uma hora cada, sob roteiro e direção dos gêmeos Matt e Ross Duffer e produção de Shawn Levy. Ela recebeu críticas muito positivas pela sua caracterização, ritmo, atmosfera, atuação, trilha sonora, direção, roteiro e as homenagens a filmes do gênero dos anos 1980. Stranger Things originalmente chamaria-se Montauk e decorreria na cidade de mesmo nome do estado de Nova Iorque, no entanto, acabou por ser inteiramente filmada em Jackson, Geórgia.

Eu fui assistir essa série atrasada, pois o burburinho dessa serie foi cerca de um dois meses atrás, mas antes tarde do que nunca. E confesso que estava com receio, porque geralmente eu não gosto muito dos filme dos anos 80, podem se surpreender com este fato. Mas não é pela estética, músicas e nem nada disso. E sim pela falta de representatividade e pelo clichê. Geralmente nos filme dos anos 80 temos personagens femininas que são aquele exemplo do que os homens querem que nós sejamos e não temos representatividades LGBTS ou de negros etc, e isso sempre me irritou.

66-0-0

Porém, Stranger Things conseguiu pegar o que os filmes dos 80 tem de bom e trazer representatividade e mulheres fortes, coisas que vemos mais nos filmes atuais. O que eu mais gostei foi da Eleven ela é praticamente o foco e é o que faz acontecer, e o mais incrível é que é só uma menina. E isso é ótimo, principalmente para ter referências, porque ajuda na construção das crianças atuais, então amei demais essa série. coracao-1_xl

Stranger Things foi renovada para segunda temporada! 😀


Onde Assistir: NETFLIX







 

qDfC7pzsRJM.market_maxres

sinopse

Situada 97 anos no futuro, a história da série The 100 mostra uma civilização destruída pela guerra nuclear. Quando ocorreu o holocausto, cerca de 400 pessoas viviam em doze estações espaciais internacionais. Eles se tornaram os únicos sobreviventes da raça humana. Com o passar dos anos, novas gerações surgiram e agora eles são 4 mil habitantes que se amontoam na Arca, nome dado às doze estações que se uniram. Para tentar sobreviver, regras rígidas foram adotadas, incluindo pena de morte e controle de natalidade. Agora, os líderes da Arca planejam enviar à Terra 100 deliquentes juvenis com o objetivo de avaliar a qualidade de vida no planeta.

The 100 está na sua segunda temporada e acaba de ser renovada para a terceira. É uma série que não te deixa recuperar o fôlego de um episódio para o outro. Fiquei no pé da Lena até ela assistir, e o resultado? Assistiu todos os episódios disponíveis em dois dias.

serie-the-100

A maioria dos 100 considerados delinquentes não chegaram a fazer algo grave, mas nenhum deslize fica impune na Arca. Qualquer crime na Arca é punido com a pena de morte, mas quando a pessoa é menor de idade ela fica presa.

Quando os 100 chegam a Terra constatam que ela é habitável novamente, mas ao decorrer de tantos acontecimentos os líderes da Arca começam a achar que os jovens estavam morrendo, alguns realmente morreram, mas a grande maioria não. Eles só estavam tirando o “bracelete” que mandava os sinais vitais dos jovens para Arca, e quando desativados significava a morte.

Não tinha como a Arca ter certeza do que aconteceria com a nave deles e nem onde eles pousariam. Então, quando o grupo chega a Terra a parte de comunicação da nave com a Arca fica comprometida. Sozinhos eles precisam decidir que tipo de sociedade vão construir ali, se vão continuar a seguir as regras da Arca ou criar novas.

Lincoln e Octavia <3

Lincoln e Octavia <3

o nos achamos

Helena: A série tem como personagem principal a Clarke, que na minha opinião  é meio sem sal, prefiro a Octavia. Já que estou falando dos personagens fundamentais na trama, vou falar de todos, tem o Bellamy, que no começo todo mundo odeia e depois vai gostando dele, aos poucos. Eu ainda tenho pé atrás com ele, mas não o odeio como antes. Tem o Finn, outro mongo, o Jasper, que me irrita em alguns momentos, mas ele é ok. Tem o Mount, a Raven que é uma das personagens femininas mais legais, na verdade essa série inteira tem diversas personagens mulheres fortes.

Dandara: O mais legal da série são os conflitos entre os valores morais dos personagens. O Bellamy passou metade da vida escondendo a irmã Octavia, pois é proibido ter mais de um filho. Quando o conselho da Arca descobre a existência da Octavia, ela e o Bellamy são presos, então ambos odeiam o sistema da Arca. O começo da série realmente te faz sentir repulsa pelo Chanceler e o conselho da Arca. A Clarke e o Finn preferem agir de forma correta com todos, mesmo quando descobrem que a Terra não ficou inabitada todo esse tempo. O conflito entre esses grupos, os “grounders” e os “sky people” é o cenário central da série e mostra como o ser humano sente necessidade de estar sempre em guerra, de impor seu modelo de sociedade aos outros. Aos poucos as pessoas vão definindo seu papel dentro do grupo, quando alguma conflito aparece naturalmente surgem os líderes, os guerreiros, os fracos, os traidores, e as habilidades especificas de cada um.

E não se preocupem, não tem um triângulo amoroso tosco e sem sentido, tem uns romances aqui e ali, mas não é o foco. Dá para brisar o dia todo sobre essa série, mas preferimos que vocês assistam e comentem suas impressões da série com a gente.