netflix

 

Aqui estou com abstinência (bem pesada) de GOT, o que fazer com isso? Me afundar em mais séries, claramente. Então selecionei minhas série favoritas, algumas são novas, terminei recentemente e outras estou assistindo ainda na netflix.

Já deixo adiantando que todas são ótimas! Vamos a lista? 😀

 

Mindhunter . 

Essa série é baseado no livro best-seller do NYT, que relata os anos que John Douglas passou perseguindo serial killers, desenvolvendo seus perfis para prever seus próximos passos  A série mostra como eles tiveram dificuldade em serem os primeiros a envolver crime com psicologia, e também foram eles que surgiram com o termo “serial killer”. O que eu mais gosto é que geralmente quando vemos filmes/série sobre o assunto foca sempre nos assassinatos e neste mostra mais os diálogos e lado psicológico, então esteja preparado.

– Primeira temporada

 

Alias Grace .  

Grace Marks (Sarah Gadon) é uma jovem irlandesa de classe média baixa, que se muda para o Canadá junto com a sua família. Contratada para trabalhar como empregada doméstica na casa de Thomas Kinnear (Paul Gross), ela é condenada à prisão perpétua pelo assassinato brutal do seu patrão e da governanta da casa, Nancy Montgomery (Anna Paquin). Passados 16 anos desde o encarceramento da imigrante, o Dr. Simon Jordan (Edward Holcroft) é contratado e analisa o caso e fará de tudo para descobrir a verdade sobre o caso. O mais bizarro é que tudo isso é baseado em fatos reais

– Primeira temporada

 

Vikings . 

A série é inspirada nas histórias de invasões, comércio e exploração dos Nórdicos da Escandinávia medieval. Geralmente quem gosta de GOT, também ama essa série, eu sou uma prova viva disto. A série segue as explorações do lendário líder Viking Ragnar Lothbrok uma figura histórica que viveu no período Medieval. Considerando-se descendente de Odin, Ragnar busca dominar vários territórios da Europa.

– Quinta temporada (o netflix ainda não disponibilizou a quarta temporada completa)

 

The Last Kingdom .

A história acompanha o jovem Uhtred, um nobre que perdeu os pais em um dos ataques vikings. Levado e criado por eles, Uhtred cresce e se torna um guerreiro. Mais tarde, ele parte com a missão de conquistar as terras onde nasceu.  Enquanto isso, o Rei Alfredo enfrenta problemas políticos e religiosos para unificar os reinos e transformá-lo no que hoje é a Inglaterra.

– Segunda temporada ( netflix não disponibilizou a segunda temporada)

 

Anne with An “E” .

Depois de treze anos sofrendo no sistema de assistência social, a orfã Anne é mandada para morar com uma mulher ranzinza e seu irmão. A pequena menina é repleta de imaginação e de seu intelecto, a Anne vai transformar a vida de sua família adotiva e da cidade que lhe abrigou, lutando pela sua aceitação e pelo seu lugar no mundo.

– Primeira temporada (foi renovada para segunda temporada)







 

Olá! Tudo bom com vocês? 🙂

Perguntei no twitter para vocês o que vocês preferiram e vocês escolheram. Então separei alguns dos meus documentários favoritos, todos são bem humanos e voltados aos direitos humanos. Aqui só rola amor entre nós. Ok? Ok, então.


A grande maioria já fiz resenha aqui, então se quiserem saber mais detalhes de cada um só ver a lista aqui em baixo:
She’s Beautiful When She’s Angry
The Hunting Ground
Tricked 

5 documentários imperdíveis







 

large-8
A Series of Unfortunate Events
 (tradução: Desventuras em Série ) é uma série de treze livros escrita por Lemony Snicket (pseudônimo de Daniel Handler) e ilustrada por Brett Helquist.

A série se trata das aventuras de três crianças, os órfãos Baudelaire, após a morte de seus pais em um incêndio. A ambientação da história é anacrônica, e a série é repleta de alusões literárias e culturais. Uma adaptação para o cinema dos três primeiros livros da série já havia sido lançada em dezembro de 2004. Agora temos essa nova adaptação que é uma série e está sendo lançada pelo canal streaming Netflix, e saiu no dia 13 de janeiro de 2017.

A série narra as aventuras de três irmãos muito inteligentes, os órfãos Baudelaire. Violet Baudelaire, a mais velha, é uma inventora e tem quatorze anos quando a série se inicia; Klaus Baudelaire, o irmão do meio, é um grande leitor e tem doze anos no começo da trama; e Sunny Baudelaire, a caçula, é uma menininha de três anos que gosta de morder objetos e fala em uma linguagem compreensível apenas para seus irmãos (sua fala vai se desenvolvendo ao longo da série).

large-3

A história parte do momento em que as crianças são informadas de que seus pais faleceram em um terrível incêndio que ocorreu em sua mansão, destruindo-a. No primeiro livro, as crianças vão viver sob tutela de um primo distante, o Conde Olaf, um homem terrível e pouco higiênico que tenta roubar a enorme fortuna que seus pais lhes deixaram.

Em cada livro as crianças são levadas a um novo tutor excêntrico; o Conde Olaf sempre os acha onde quer que estejam, aparecendo em disfarces ridículos com um plano diferente para roubar a fortuna das crianças. Aparentemente, os únicos que não são enganados pelos disfarces são os Baudelaire. (spoilers apartir daqui) A série segue nesse formato até o sétimo livro, quando os papéis são trocados, e do livro oitavo ao duodécimo as próprias crianças usam disfarces e são perseguidas pela polícia, após serem falsamente incriminadas pelo Conde Olaf.

A partir do quinto livro da série as crianças vão descobrindo o segredo que envolve suas vidas e a vida e morte de seus pais. Neste livro, as crianças são enviadas a um internato, onde conhecem os irmãos Quagmire, que também perderam os pais e um irmão em um incêndio. Nos próximos livros as crianças vão compreender que os incêndios não foram mera coincidência, e eventualmente descobrem que seus pais faziam parte de uma organização, a C.S.C., junto com vários de seus guardiões.

large-7

Os irmãos são perseguidos pelo infortúnio aonde vão, mas ocasionalmente algo bom lhes acontece, e eles frequentemente encontram pessoas boas e bem-intencionadas. No fim os Baudelaire têm de contar com suas forças e um com o outro para desvendar o mistério e finalmente encontrar um lugar que possam chamar de lar.

Cada um dos irmãos tem um dom distintivo que os ajuda frequentemente em situações difíceis. Violet sempre cria invenções para ajudá-los, Klaus sempre fornece informações de livros, e Sunny tem dentes afiados que podem morder qualquer coisa. Nos livros finais, Sunny aprende a cozinhar à medida que começa a desenvolver dentes normais, e cozinhar se torna sua habilidade principal. Sunny originalmente falava em palavras únicas, que por vezes continham indicação do significado, faziam referências culturais (no décimo livro, ela diz “Matahari”, o que é traduzido como “Se eu ficar, posso espiá-los e descobrir.”), ou eram de outras línguas (“Shalom” ou “Sayonara”), mas eventualmente ela aprende a falar em frases completas.

Eu vi tanto o filme e como a série, e sempre tive uma vontade enorme de ler os livros (mas por sempre estar lendo algo nunca li, mas quem sabe esse ano?). E posso afirmar que a série está melhor que o filme e pelo que andei lendo mais fiel aos livros também. 🙂

Abaixo deixei o trailer.

Onde Assistir: Netflix







 

1481869790_oa
The OA basicamente é mais uma série sem pé e cabeça do Netflix. Ela é estadunidense e seus temas principais são: drama, suspense e ficção científica. Criada e produzida por Brit Marling e Zal Batmanglij, sendo sua terceira colaboração, e distribuída mundialmente pela Netflix.

A série é produzida pelos estúdios Plan B e Anonymous Content. Na série, Marling estrela como uma jovem, chamada Prairie, que, ao ser encontrada depois de sete anos, se auto intitula “OA”, e pode enxergar, mesmo que antes de desaparecer fosse cega.

20161213153201659606a

A trama gira em torno desta jovem Prairie Jonhnson (Brit Marling), que retorna para sua cidade sete anos após desaparecer misteriosamente – porém, há um detalhe ainda mais bizarro: Prairie era cega quando desapareceu, e agora consegue ver. Há indícios de que Prairie se lembra do que aconteceu, mas se recusa a falar de seus sete anos desaparecida com a polícia ou com sua família.

A primeira temporada foi disponibilizada em 16 de dezembro de 2016 e possui oito episódios com cerca de uma hora cada. A série foi bastante elogiada pela critica e pelo publico por suas cenas filosoficas e suas tramas sobre ressurreição.

58593f93aca0591e008b4c1b-1920

Outro ponto muito legal da série é sua fotografia que é maravilhosa e cheia de paisagens incríveis. Que cativa muito quem estiver assistindo. Além da historia, claramente, em que você fica a cada ep se perguntando o que está acontecendo. E o final é um pouco irritante, tenho que admitir, mas espero que tenha uma segunda temporada. Sério.

Abaixo deixei o trailer para vocês terem uma noção.

Onde assistir: NETFLIX







 

Se você é como eu que quando tem um tempo livre adora ficar lendo ou vendo filmes este post é para você! Como sempre os filmes que selecionei são todos da Netflix, porque filmes onlines ultimamente está difícil de serem encontrados. 🙁 Desta vez só escolhi filmes leves, estilo comédias românticas, afinal vocês estão de férias. Hora de relaxar. Aliás, antes que eu me esqueça, tenho uma conta no filmow caso vocês queiram acompanhar os filmes que assisto e gosto é só me adicionar por lá clicando aqui.

Enfim, vamos a lista?

Elsa  & Fred

Elsa é uma romântica que sonha encontrar um amor para recriar a famosa cena da Fontana di Trevi de “A Doce Vida”, clássico filme de Federico Fellini. Fred é um homem pacato, ainda desacostumado com a recente viuvez. De mudança para um novo apartamento, ele torna-se vizinho de Elsa e o encontro muda a vida dos dois.

É um filme muito engraçado e ao mesmo tempo passa uma mensagem muito linda, não posso contar porque motivos de spoilers. É muito gostoso de ser assistido e descobri recentemente que o original é em espanhol, ou seja,  farei questão de assistir também de tanto que gostei dele.

Not Another Happy Ending 

Quando um editor em conflito descobre que sua única autora está bloqueada criativamente, ele sabe que precisa desbloquea-la ou então estará acabado. Com seu recente sucesso, ela ficou extremamente feliz, e quando ela está feliz, não consegue escrever. O problema é que quanto pior ele a faz se sentir, mais se dá conta de que está apaixonado por ela.

Eu vi esse filme tem um belo de um tempo no Netflix americano e é uma coisa tão linda e fofa. Assisti principalmente por causa da Karen Gillan, minha eterna Lily Evans. Caso não entendeu eu explico neste post aqui.

Ele não está tão afim de você

Você realmente gosta deste cara, mas não consegue saber se ele gosta de você. Você inventa desculpas, decide que ele está confuso. Pare de se enganar. Existe uma explicação muito mais simples: ele não está afim de você. Esta é a lição que Gigi vai aprender. Romântica incorrigível, ela sai com Conor, que simplesmente não liga no dia seguinte. Quando ela vai à casa do bonitão, conhece Alex, colega de quarto de Conor e que tem uma visão muito clara sobre o mundo, empenhando-se em mostrar a verdade para Gigi numa viagem ao complicado mundo da mente dos homens. E esta história promete ficar ainda mais complicada: Conor está namorando uma cantora chamada Anna, mas ela gosta mais de Ben, que é casado com Janine…que trabalha com Gigi! Coloque a chefe das duas, Beth, no meio da história, e você vai ter a comédia romântica mais alucinada de todos os tempos!

Esse filme apesar de ter mulheres irreais (não ficamos e não somos loucas iguais esses filmes americanos gostam de mostrar), ele é muito engraçado e é um daqueles bem leves para ver com os amigos e dar umas risadas.


The Duff

Bianca é uma garota feliz do colégio, que só tira boas notas e pode contar sempre com suas duas melhores amigas, Casey e Jessica. Até descobrir que na escola ela é considerada a D.U.F.F. das suas amigas, o mundo colorido de Bianca vira de cabeça para baixo.

Esse filme é sensacional, tem um estilo meninas malvadas pra vocês entenderem mais ou menos como é a comedia dele. Enfim, vale a pena.

A Escolha Perfeita 

A história segue Beca, uma estudante gótica e rebelde que esta infeliz por ser obrigada a estudar na faculdade onde o seu pai é professor. No entanto é nessa faculdade que ela descobre a sua voz e o seu jeito para a música.

Quem nunca viu esse filme, não é mesmo? Mas achei bom indicar porque sempre tem alguém que não viu, e ele é incrível.

E ai gostaram do filmes selecionados? Se vocês assisterem ou já viram algum desses comentem abaixo falando o que acharam. 🙂