Author: Helena Jimenez

 

Olá, gente tudo bom? Aposto que vocês estavam sentindo falta de posts literários aqui no blog, não? Estava um pouco nervosa/ansiosa com a pressão de apresentar meu tcc e deixei tudo de lado, mas deu tudo certo (sim, sou oficialmente uma jornalista) e agora, finalmente estou livre, leve e solta para ler todos os livros que quero e tenho vontade.

Então para me ajudar a voltar a minha rotina e adiantar minha leitura decide gravar a minha primeira maratona literária, aliás aguardem porque eu e a Dandara vamos participar da Maratona Literária de Julho, que explicaremos melhor em um outro vídeo. Enfim, chega de papo, espero que gostem do vídeo. 🙂








 

orange-is-the-new-black-poster
Quarta-feira mais um dia de séries e filmes aqui no blog para vocês, e hoje vim falar de uma das minhas favoritas do momentos. Orange is the New Black é uma série americana de comédia dramática criada por Jenji Kohan. Produzida pela Tilted Productions em associação com Lionsgate Television, é baseada no livro de Piper Kerman, Orange Is the New Black aborda sua experiência na prisão. Estreou no Netflix no dia 11 de Julho de 2013 , a segunda temporada teve sua estreia em 6 de junho de 2014 e a terceira dia 12 de junho de 2015.

A série se desenvolve ao redor da história de Piper Chapman (Taylor Schilling), que mora em Nova York e é condenada a cumprir 15 meses numa prisão feminina federal por ter participado do transporte de uma mala de dinheiro proveniente do tráfico de drogas a pedido da sua ex-namorada, Alex Vause (Laura Prepon), que é peça importante num cartel internacional de drogas. O delito ocorreu dez anos antes do início da série e, no decorrer desse período, Piper seguiu sua vida tranquila entre a classe média-alta de New York, ficando noiva de Larry Bloom (Jason Biggs). Quando presa, Piper reencontra Alex, elas reanalisam seu relacionamento e lidam com suas companheiras de prisão. Ao final da segunda temporada, resta a Piper o cumprimento de 8 meses de sua sentença.

enhanced-buzz-wide-17741-1407958781-7

O que eu mais gosto nela é o fato dela trazer o universos feminino para as telonas, no caso para a tela do computador, além de retratar questões que todas mulheres passam em comum, e as diferenças que temos entre nós. E também de levantaram temas importantes para debates de nossa sociedade como aborto, estupro, transgênero, entre outros questões. Não tem como você não se apaixonar e não viciar.

Terminei a terceira temporada ontem e estou órfã. Todas as séries boas que acompanho terminei, ou estou acabando, isso está ficando cada vez mais triste. Enfim, deixei abaixo o trailer da primeira temporada. Recomendo essa série para todos, e comentem abaixo se você já terminou a terceira têmpora e o que achou, porque estou precisando comentar dela com alguém! coracao-1_xl

Onde Assistir: Netflix








 

IMG_2850

Olá meninas, tudo bom com vocês? Hoje é terça-feira, dia de moda/beleza aqui no blog, e decidi trazer uma dica de ouro que a Dan me deu esses dias. Bom, eu estava com um rímel secando e já ia aposenta-lo, mas descobri que é só jogar duas gotinhas de soro fisiológico que o rímel fica como novo, e volta ter toda a textura de antes.

saline-drops-mascara
E ai gostaram da dica? Espero que tenham ajudado vocês, porque me ajudou. 🙂








 

18
Sexta-feira dia dos namorados e tanto você como seu namorado(a) amam livros e não sabem o que fazer? Sem problemas, o Psycho Indica de hoje se inspirou num post do Buzzfeed e foi conferir uma livraria linda daqui de São Paulo, que não tem como você não passar horas e horas lá dentro: a Livraria da Vila. E como eu havia ganhado um livro que eu já tinha na minha estante, só podia trocar nessa loja, então juntei o útil ao agradável.

Para quem não sabe essa livraria tem diversas filiais pela cidade, tendo todas o mesmo design, sendo bem acolhedoras, com diversos sofás, cadeiras, e áreas para descanso e leitura. Porém, essa da Alameda Lorena me chamou muito a atenção porque sua arquitetura é mais bem bolada, tendo três andares. O térreo é separado para literatura no geral, o subsolo é a área infantil, e primeiro andar tem um espaço para você tomar um café, ver cds, músicas, dvds, etc.

IMG_2700IMG_2714IMG_2703 (2)IMG_2713IMG_2715IMG_2701


Eu amei o ambiente e a livraria. Quando fui, fiquei algumas horas lá com o meu namorado, eu olhando os livros e ele os cds. Super recomendo para quem é apaixonada por livros, dá para passar uma tarde inteirinha lá, sentada lendo. coracao-1_xl

endereço e horario modelo 2

Alameda Lorena, 1731 – Jardim Paulista
São Paulo – SP – CEP: 01424-002

Seg a Sáb: das 10h às 22h
Dom: das 11h às 20h

 








 

livro-dandara-e1413842079543211
sinopse
“E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A lista negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre auto-conhecimento e o perdão.”
Skoob  

o que eu achei

A Lista Negra é uma história contada por Valerie, uma adolescente que acabou de entrar no último ano do colégio, a mesma escola que estudou por sua vida inteira. Porém, diferente dos outros alunos, ela não está ansiosa em terminar essa ciclo da sua vida. A garota ficou quase um semestre sem frequentar a escola porque há alguns meses seu namorado Nick atirou e matou diversos colegas, um professor e inclusive na perna da própria namorada enquanto ela tentava proteger uma das garotas, que por sinal ela odiava.

Valerie deverá voltar para escola conforme prometeu ao seu psicólogo e a sua mãe. Nesta regresso ela se sente culpada por tudo, algumas pessoas que foram assassinadas estavam numa espécie de “lista negra” que ela e Nick haviam criado. Para ela não passava de uma forma de manifestar toda sua raiva e sofrimento por sofrer bullying, além do fato de ter que lidar com uma família complicada. Já para seu namorado a história era outra. Nick levou tudo ao um nível muito mais a sério e intenso.

O emocional da jovem está completamente desconcertado, já que além de se sentir culpada, também sente falta de Nick, e diferente dos outros personagens, não o vê como uma aberração.

IMG_0097

O livro não foca somente na recuperação dela para a sociedade, na verdade temos diversos capítulos repletos de flash backs de momentos dela com o namorado, ela no hospital se recuperando do tiro, na terapia, e do próprio dia do crime. É muito empolgante, e você não consegue parar de ler. Porque cada página acontece alguma coisa nova e intensa.

– Senhora Tate? As coisas mudaram muito? – perguntei.- Quer dizer, as pessoas estão diferentes? – Não sei o que esperava que ela respondesse. ‘Sim, todos aprenderam a lição e agora amos uma grande família feliz, exatamente, como os jornais dizem que somos. Ou, a, não, nunca houve bullying neste colégio – era tudo imaginação desde o começo, como estão dizendo por aí. Nick era louco e você o apoiou e isso é tudo. Vocês não tinham motivo para ficar bravos. Tão bravos. Mas era tudo imaginação.’
A Senhora Tate mordeu o lábio inferior e pareceu realmente considerar a pergunta.
– As pessoas são pessoas- respondeu finalmente, virando as mãos em um gesto triste e desamparado.
Acho que aquela era a última resposta que eu queria ouvir.

consideraçÑoes finais modelo 2 O que posso dizer? Esse livro é ideal para quem (como eu) gosta de ler sobre crime, no caso deste livro especificamente seria mass murder. Ele é realmente muito fascinante, e vale lembrar que o fato dominante não são os acontecimentos em si, e sim como Valerie lida com todas as suas questões e traumas. Eu particularmente amei, e confesso que em alguns capítulo tive que dar breves pausas porque é realmente intenso para ler de uma só vez, e mexe muito com o a gente (leitor).

Ele custa R$37,00 de acordo com o a editora Gutenberg. E o site da editora concedeu o book-trailer e o primeiro capítulo do livro. 🙂