saúde mental em 2020

Oi. Eu pensei em diversas formas de como começar este post, porque para ser sincera eu não estou 100% bem. Está muito difícil vir e dar qualquer sugestão, então eu preciso ser totalmente honesta.

Este ano está sendo particularmente complicado para todo mundo, então eu não vou vir aqui indicar a vocês mil cursos para ocupar a cabeça ou se destacar no mercado de trabalho sendo que a realidade é completamente outra! O que eu quero deixar de conselho, que daria até para minha amiga mais próxima, e acredito que seja um exercício diário (isso vale até para mim) é que o que vale realmente: é o hoje, o presente. Um dia de cada vez.

Você é importante como é. O que realmente nos molda como seres humanos são as nossas pequenas ações do dia a dia, empatia, caráter, e personalidade. E não o que possuímos, o material.

Antes de qualquer coisa vou deixar anexado aqui, um post direto para o instagram com terapia online gratuita. Acho extremamente importante, sempre foi, mas mais agora do que nunca.

Continuando, só recentemente depois de dois meses praticamente vegetando e com muitas insônias, consegui montar uma “meia rotina” para ocupar bastante minha cabeça durante a semana. Duas coisas que me ajudaram muito para chegar até aqui foram: meditação e yoga.

Utilizei um canal de yoga, chamado Pri Yoga, onde a professora monta diversas aulas para iniciantes, para força, meditação, etc. Só clicar aqui para conhecer.

E escutei muito no começo da quarentena quando acordava e antes de dormir o canal poetoterapia, é focado só para meditação, tem meditações de 5 min, 15min, e mais de 40min etc.

Creio que é muito importante termos algumas horas do dia para nos desligarmos do mundo (lembrando que não sou nenhuma médica e nem sempre o que funciona para mim vai funcionar para você).

Outras formas que encontrei para tentar controlar minha ansiedade nessa pandemia foi parar de ver tv, pois era bombardeada de notícias sobre a COVID-19 e do desgoverno, e decidi que quando eu quero ler algo sobre geralmente busco online nas grandes mídias. Também reparei que meu consumo no celular tinha aumentando drasticamente quando entrei na quarentena, estou tentando deixar no modo lua e me distrair com outras coisas, já que normalmente redes sociais me deixa com irritabilidade.

Enfim, não acredito que se tem uma regra mágica, mas sim pequenas ações que vão nos ajudando aos poucos. E não se cobrar é essencial. Se quiserem comentar abaixo, desabafando ou o que seja, e/ou se preferir mandar e-mail, a vontade! Espero que este post tenha ajudado de alguma forma, e fiquem bem. Cuida-se.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »