Exposição: Tarsila Popular


Quem é que nunca estudou Tarsila do Amaral na escola? Ela é uma das maiores artistas brasileiras do século 20 e figura central do modernismo no brasil. E finalmente ver uma exposição dela ao vivo da um sentimento de orgulho, e traz uma paixão esquecida pelo nosso país de volta só de olhar em seus quadros. É isso que ela faz.

” Sou profundamente brasileira e vou estudar o gosto e a arte dos nossos caipiras. Espero, no interior, aprender com os que ainda não foram corrompidos pelas academias”. – T.A.



De família abastada, de fazendeiros do interior de São Paulo, Tarsila desenvolveu seu trabalho com base em suas vivências e estudos em Paris a partir de 1923. Por meio das aulas com André Lhote (1885-1962) e Fernand Léger (1881-1955), aprendeu a devorar os estilos modernos da pintura europeia, como o cubismo, para digeri-los e, de maneira antropofágica, produzir algo mais singular.


O enfoque da exposição é o “popular”, noção tão complexa quanto contestada, e que Tarsila explorou de diferentes modos em seus trabalhos ao longo de toda sua carreira. Em Tarsila, o popular se manifesta através das paisagens do interior ou do subúrbio, da fazenda ou da favela, povoadas por indígenas ou negros, personagens de lendas e mitos, repletas de animais e plantas, reais ou fantásticas.

Boa parte da crítica em torno de Tarsila feita até hoje no Brasil enfatizou suas filiações e genealogias francesas, possivelmente em busca da legitimação internacional da artista, mas assim marginalizando os temas, as personagens e as narrativas populares que ela construiu.


Esta é uma ampla exposição reunindo cerca de 92 obras a partir de novas perspectivas, leituras e contextualizações.

Localização:

Museu Masp
Até 28.07.2019

Horário de funcionamento:

TER: 10H-20H (BILHETERIA ABERTA ATÉ 19H30)
QUA-DOM: 10H ÀS 18H (BILHETERIA ABERTA ATÉ 17H30)
SEG: FECHADO

Ingressos:
Adultos: R$ 40
Estudantes/Professores/ Maiores de 60 anos: R$ 20
Entrada Gratuita: Menores de 11 anos e Amigo Masp
ENTRADA GRATUITA ÀS TERÇAS

Para mais informações entre no site do museu clicando aqui .


Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.