rick riordan

 

livro-resenha-1984

Essa resenha contém spoiler para quem ainda não leu o primeiro e o segundo livro da trilogia As Crônicas dos Kane.

sinopseSadie e Carter são importantes descendentes da Casa da Vida, uma sociedade secreta de magia estabelecida no Egito ainda no tempo dos faraós. Os irmãos sabem que sua herança ancestral lhes reserva um importante papel: seus poderes são fundamentais para a restauração do Maat, a ordem do universo. Mas, uma vez instalado, o Caos é imprevisível, incalculável e incontrolável, e agora que Apófis está livre os Kane têm somente três dias para evitar que a serpente destrua o planeta. Como se isso não bastasse, a sorte deles parece só piorar.

Os magos estão divididos. Alguns deuses egípcios estão enfraquecendo e, um a um, começam a desaparecer. Walt, um dos mais talentosos combatentes da Casa do Brooklyn, foi amaldiçoado, e sua energia vital está se esvaindo. Zia agora é responsável por Rá, o deus sol, que está completamente senil e não será de grande ajuda. Sadie e Carter, ao lado de alguns jovens magos e uns poucos aprendizes, são os únicos dispostos a enfrentar a serpente e salvar o mundo.” – Skoob

o-que-eu-achei

O livro já começa em um ritmo acelerado, tendo nas primeiras páginas ação. É assim do começo até o fim, e isso é um ponto muito positivo, pelo menos se você é o tipo de leitor igual a mim, pois parece que a leitura passa muito mais rápido. E isso é um traço do próprio autor, ele ejeta uma grande dose de adrenalina nas primeiras páginas, diminui um pouco no meio e depois volta com tudo.

Em A Sombra da Serpente os irmãos Kane devem se preparar para derrotar Apófis – sendo que a cobra e os seguidores dela estão deixando um rastro de destruição por todas as comunidades de magos -, gerando uma perda significativa de aliados, e para melhorar Walt está quase morrendo.

Sadie com toda certeza recebeu mais atenção e destaque neste livro do que Carter, o que eu amei. Porque sinceramente ela faz, e age muito mais que o irmão, salvando-o diversas vezes. Única coisa que me incomodou um pouco é a indecisão dela sobre Anúbis e Walt, e a enrolação de Carter com Zia. Mas é super compreensível, já que o autor quer mostrar que além da guerra que os esperam eles continuam sendo meros adolescentes.

 
IMG_3619
O livro também foca bastante nos elementos da mitologia egípcia, menciona vários costumes e práticas egípcias e introduz novos deuses e artefatos.

Outro detalhe que me cativou muito foi a intertextualidade do autor, já que ele fez referência a sua outra série – Heróis do Olimpo – de maneira tão sutil que só fãs reconheceram. Afinal, se não me engano, ele lançou um livro recentemente com uma breve história onde Sadie Kane e a Annabeth se encontram.  Adoro quando os mundos da fantasia se encontram. coracao-1_xl
consideraçÑoes-finais-modelo-2Se você acabou a Crônica dos Kane até o Trono De Fogo, segundo livro da trilogia (já tem resenha no blog, caso queira dar uma lida só clicar aqui), você precisa ler este livro para saber se o autor responde todas as propostas que ele apresentou no primeiro e no segundo livro. Admito que o final não me agradou muito, pois o autor deixou em aberto alguns detalhes, não o principal e o que ele se propôs a responder, isso ele concluiu bonitinho, como sempre o faz. Mas quem leu Percy Jackson sabe o que eu quero dizer, ele termina de uma forma que deixa nós leitores na dúvida, se irá ter novas sequências dos Kane, ou não. E essa incerteza que o tio Rick deixa em nós, é muito insuportável, mas tudo bem, superamos.

Segundo o site da editora Intrínseca o livro está custando R$44,90 e seu E-book R$ 29,90.

Comente ai embaixo o que achou da resenha, e se você leu algum livro do autor se sentiu isso também. 🙂








 

livro-resenha-1984

Contém spoilers para quem não leu o primeiro livro da trilogia As Crônicas dos Kane
sinopse

“Os deuses do Egito Antigo foram libertados, e desde então Carter Kane e sua irmã, Sadie, vivem mergulhados em problemas. Descendentes da Casa da Vida, ordem secreta que remonta à época dos faraós, os dois têm poderes especiais, mas ainda não os dominam por completo – refugiados na Casa do Brooklin, local de aprendizado para novos magos, eles correm contra o tempo. Seu inimigo mais ameaçador, Apófis, está se erguendo, e em poucos dias o mundo terá um final trágico.

Para terem alguma chance de derrotar as forças do caos, precisarão da ajuda de Rá, o deus sol. Despertá-lo não será fácil: nenhum mago jamais conseguiu. Carter e Sadie terão de rodar o mundo em busca das três partes do Livro de Rá, para só então começarem a decifrar seus encantamentos. E, é claro, ninguém faz ideia de onde está o deus.” – Skoobo que eu achei

No primeiro livro “A Pirâmide Vermelha” os irmãos Kane,  Carter e Sadie, descobrem que são descendestes de uma linhagem muito antiga de Faraós e possuem poderes. Também descobrem que seus pais pertenciam a Casa da Vida, uma organização de magos egípcios de milhares de anos. É neste primeiro livro  que acontece o despertar de Apófis, e nós (leitores) ficamos cheios de expectativa com a continuação, já que a serpente é a personificação de todas as coisas más e caóticas do mundo. Se vocês quiserem posso fazer a resenha do primeiro livro, como li faz um tempo, não lembro de todos os detalhes, mas posso fazer contando o que eu me recordo.

Agora estamos no segundo livro desta trilogia, desta vez os irmãos não estão sozinhos e contam com ajuda de Bastet e outros aprendizes que foram a casa de Brooklyn aprenderem sobre hieróglifos e a vida egípcia. Além disso, eles precisam correr contra o tempo, os deuses e outros magos, que não apoiam a decisão dos dois de despertar Rá, o deus do sol. O único capaz de derrotar Apófis, que estava se libertando e pretende destruir o mundo.

CJRbzXWWsAEJjl9
Para conseguir acordar o deus dos deuses eles precisam resgatar três partes do livro de Rá, que estão escondidas pelo mundo. Por isso ele viajam a diversos lugares, por exemplo eles vão para Rússia. Outro ponto. Carter ainda se preocupa com Zia Rashid, a garota por quem se apaixonou e descobriu que está sendo mantida presa por um encantamento. Já Sadie reencontra Anúbis, o deus da Morte por quem sempre tivera uma queda, mas fica indecisa com a chegada de Walt, um dos magos da sua equipe que carrega um terrível mistério.

Tem outros personagens novos nesses livros que são muitos queridos, e outros nem tanto. Por exemplo. Bes, um anão robusto e monstruoso, conforme se descreve, apesar de toda sua deformidade ele é um dos mais fieis. Temos  Vladimir Menshikov, o que todos irão odiar. Líder do Décimo Oitavo Nomo (São Pertersburgo – Rússia) ficou cego após tentar ler uma das partes do livro de Rá.

O tio Rick não finalizou a história por completo neste livro, porque claramente tem o último livro, já que é uma trilogia.consideraçÑoes finais modelo 2Indico este livro para todos que adoram os livros da saga Percy Jackson, a trilogia dos Kane é tão envolvente e viciante quanto. Tio Rick arrasa, né gente? coracao-1_xl

O livro custa R$ 44,90 e o seu E-book R$ 22,90 segundo o site da editora Intrínseca.








 

IMG_1604
Olá Psychos, tudo bom com vocês? Semana HP chegou ao fim, e com isso a nossa rotina voltou. Segunda-feira sempre tem post literário aqui no blog, infelizmente não terá resenha por motivos de: estava muito empolgada para minha festa e fiquei corrigindo últimos detalhes do meu tcc e fiquei sem tempo de terminar meus livros.

Então resolvi fazer este post mostrando este livro (lindo, maravilhoso, deuso) que ganhei de aniversário. Não sei se vocês sabe, mas acho que sim. Percy Jackson é a minha segunda saga favorita, sou apaixonada e descobri os livros numa época da minha vida que precisava urgentemente de uma motivação, algo que me alegrasse um pouco e ele surgiu. coracao-1_xl

Voltando ao que interessa, este livro conta as história dos deuses gregos a partir de um ponto de vista mais moderno e atualizado que só o nosso querido Rick Riordan sabe fazer, utilizando o nosso semideus favorito Percy.

IMG_1605
“Uma editora em Nova York me pediu para escrever o que eu sei sobre os deuses gregos, então pensei, podemos fazer isso anonimamente? Porque eu não preciso de os Olimpianos com raiva de mim novamente. Mas se isso ajuda você a conhecer os seus deuses gregos, e sobreviver a um encontro com eles, se eles nunca aparecem em seu rosto, então eu acho que escrever tudo isto será a minha boa ação da semana.”

Assim começa Os Deuses Gregos de Percy Jackson, em que o filho de Poseidon acrescenta sua própria magia – e apartes sarcásticos – para os clássicos. Ele explica como o mundo foi criado, em seguida, dá aos leitores sua opinião sobre um quem é quem dos antigos, a partir de Apollo para Zeus. Percy não se segura. “Se você gosta de filmes de terror, banhos de sangue, mentira, roubo, traição e canibalismo, então continue a ler, porque definitivamente foi uma Idade de Ouro para tudo isso.

O principal objetivo do livro é conquistar os leitores da saga que já gostavam e de pessoas que simplesmente gostam de mitologia grega. Além de que a edição desse livro é de tirar suspiro, as ilustrações são lindíssimas (John Rocco parabéns), diagramação, capa dura, as cores, a qualidade no geral está de parabéns.

IMG_1603
Tudo isso cativa o leitor, e não tem como não sentir vontade de ler, por isso o selecionei para indicar para vocês essa semana, espero que gostem dessa indicação.