livro

 

livro_na_natureza_selvagem“O corpo em decomposição de um jovem é encontrado no Alasca. A polícia descobre que se trata de um rapaz de família rica do Leste americano que largou tudo, se internou sozinho na aridez gelada e morreu de inanição.  Quem era o garoto? Por que foi para o Alasca? Por que morreu? ” – Skoob

Quem sabe e me conhece já sabia que Into the Wild é meu filme favorito. Um dos grandes motivos que me fez abrir meus olhos, e me dar vontade de trabalhar para viajar e viver e não para pagar contas. E quando descobri que o filme foi baseado em um livro eu fiquei surtando de felicidade. Ainda estou bem no comezinho, mas cheia de expectativas.

E vocês quais livros estão lendo esse mês ou semana?







 

harry_potter_and_the_cursed_child_special_rehearsal_edition_book_cover

“Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.”Skoob

 

Eu sei, eu sei, não terminei de ler o livro que comentei que estava lendo aqui com vocês no mês outubro. Mas precisava urgentemente começar logo este livro, até porque ele é escrito em forma de script então a leitura é mais rápida. E ele também é em inglês. Ainda estou no terceiro ato, bem no comezinho, mas por enquanto posso dizer que estou amando. Sei, por causa de alguns fãs que esse não é um dos melhores livros, mas lembra-se não é da JK. 







 

18
Sexta-feira dia dos namorados e tanto você como seu namorado(a) amam livros e não sabem o que fazer? Sem problemas, o Psycho Indica de hoje se inspirou num post do Buzzfeed e foi conferir uma livraria linda daqui de São Paulo, que não tem como você não passar horas e horas lá dentro: a Livraria da Vila. E como eu havia ganhado um livro que eu já tinha na minha estante, só podia trocar nessa loja, então juntei o útil ao agradável.

Para quem não sabe essa livraria tem diversas filiais pela cidade, tendo todas o mesmo design, sendo bem acolhedoras, com diversos sofás, cadeiras, e áreas para descanso e leitura. Porém, essa da Alameda Lorena me chamou muito a atenção porque sua arquitetura é mais bem bolada, tendo três andares. O térreo é separado para literatura no geral, o subsolo é a área infantil, e primeiro andar tem um espaço para você tomar um café, ver cds, músicas, dvds, etc.

IMG_2700IMG_2714IMG_2703 (2)IMG_2713IMG_2715IMG_2701


Eu amei o ambiente e a livraria. Quando fui, fiquei algumas horas lá com o meu namorado, eu olhando os livros e ele os cds. Super recomendo para quem é apaixonada por livros, dá para passar uma tarde inteirinha lá, sentada lendo. coracao-1_xl

endereço e horario modelo 2

Alameda Lorena, 1731 – Jardim Paulista
São Paulo – SP – CEP: 01424-002

Seg a Sáb: das 10h às 22h
Dom: das 11h às 20h

 







 

asfsdfgagfd

sinopse
Após o banho de sangue que Hannibal causou ao fugir do presídio, ele consegue fugir primeiro para o Brasil, onde consegue bons documentos falsos e depois para a Itália, onde, com nova identidade e novo rosto, tenta começar uma vida nova, sendo o curador de um Museu. Mas o vício não o abandona tão facilmente… Enquanto isso, nos Estados Unidos, o FBI não desistiu de prendê-lo, usando a agora Agente Clarice Starling, que já tem um bom conhecimento sobre o caso e está em maus lençóis depois de uma operação policial mal feita. Mas o maior problema de Hannibal não é a polícia! Acontece que uma de suas primeiras vítimas, o rico e inescrupuloso Mason Verger, que foi completamente desfigurado pelo Dr. Lecter, só pensa em vingança. Além de um parafuso a menos, ele sempre está um passo a frente do FBI e sabe que seu objetivo está mais próximo que nunca de se realizar, com uma vingança, que pode ser considerada no mínimo, surpreendente e bizarra! Agora, parece que o Dr. Lecter, de caçador, passa a ser a caça. Vai ser preciso muito mais que seus dentes para se safar dessa rede. Thomas Harris conseguiu fechar essa saga com chave de ouro. Brilhante, bizarro e absurdo, como descreveu o Publishers Weekly sobre o livro, é além de tudo, um aprofundamento na vida de Hannibal: seus gostos, sua infância, sua família…  Skoob.

o que eu achei

IMG_1020

Esse livro, com toda a certeza, foi o qual eu menos gostei da trilogia Hannibal. Não é ruim, confesso, mas não é tão bom quantos os outros dois (Dragão Vermelho e O Silêncio dos Inocentes). O enredo e os acontecimentos da história variam demais, porque enquanto Hannibal está na Itália cometendo seus crimes, a policial Clarice Starling está cada vez mais afundada no seu reconhecimento perante a sua profissão, alguns por motivos que fazem sentido, mas em suma por puro machismo de seus colegas, chega ao um ponto de dar raiva, e querer fechar o livro. De tantas injustiças que a personagem sofre.

Outro ponto um tanto interessante  é o final do livro, que é completamente diferente do filme. E isto me chamou atenção, já que todos os filmes são, baseados nos livros da trilogia Hannibal, são super fieis, e este também é, mas quando você lê o final do livro, consegue entender o porque deles terem alterado. Porque é tão “sem cabeça” e bizarro, que parece que o autor não sabia como terminar e preferiu colocar uma coisa muito louca pra finalizar. Não posso falar mais nada porque se não ira sair spoiler, mas acreditem o final do filme é melhor!

IMG_1018
Creio que se o autor não tivesse colocado aquele final, com toda certeza teria gostado mais do livro, por isso eu dei apenas três estrelas, porque acredito que um final de uma trilogia, ou uma série, é um dos pontos que mais importa, e na minha humilde opinião, este final deixou muito a desejar.

Hannibal, apesar dos apesares, tras casos policiais para o leitor que chamam a atenção e te prende, isto é uma característica ótima do autor, ele sabe como te prender. Além de continuar a personagem Clarice Starling, personagem principal do segundo livro, que é descrita de personalidade forte, corajosa, e perfeitamente interessante. Adorei que o Thomas Harris conseguiu cria-la desta forma, já que autores masculinos tem um pouco de dificuldade neste quesito, aonde geralmente é uma mulher pedindo socorro, neste caso é a contrario.
consideraçÑoes finais modelo 2Posso concluir que a trilogia vale a pena ser lida, principalmente por pessoas que gostam do tema serial killer e investigação policial, como já repeti isto nos outras resenhas do Thomas Harris. Aliás, se vocês desejam ver todas as resenhas anteriores é só clicar aqui. Abaixo deixei o trailer do filme, espero que tenham gostado!







 

pronto-hannibal8

 

Há muito tempo vocês vem me pedindo para fazer mais posts destinados a livros, e o que eu ando lendo. Então nós, do Psycho Blondies, decidimos abrir mais essa categoria para vocês e tentaremos postar a cada semana uma resenha nova de algum livro. 🙂 Antes de vocês começarem a ler a resenha completa, deixarei avisado que na barra lateral do blog tem a classificação das resenhas.
Se vocês quiserem ver mais alguns posts anteriores destinados a livros é só clicar aqui.

Ganhei o box da Trilogia Hannibal há um certo tempo, já li os três, e como sempre me pediram para fazer resenhas deles, e de todos os livros que leio, resolvi finalmente tomar coragem e fazer. No começo pensei em escrever sobre os três livros de uma vez, em um único post, mas iria ficar muito grande e cansativo de ler. Então decidi falar do primeiro livro da trilogia. Dragão Vermelho.

sinopse
Dragão Vermelho é a história de um agente do FBI, especializado em serial killers. Ele entra em colapso após a caçada a um psicopata extremamente perigoso. Mas seus serviços são novamente requisitados quando um serial killer começa a matar famílias inteiras, quebrando espelhos da casa e colocando os cacos diretamente nos olhos das vitímas. E para resolver esse caso, ele conta, a contra gosto, com a ajuda de um de seus maiores inimigos, o psiquiatra sociopata, o doutor Hannibal Lecter. – Skoob

o que eu achei
A narrativa do livro é incrivelmente rica, pelo simples fato de que a historia é contada a partir de vários pontos de vistas, mostrando de cada personagem. Por exemplo, tem certas cenas que você consegue ler, e entender o ponto de vista do serial killer, e a historia do mesmo, e tem outra que é do policial, e por ai vai. Além disto, cada personagem tem sua própria personalidade, descrita perfeitamente bem, ou seja, você não se confunde em qual personagem é qual, e nem olha para um e pensa “nossa esse é muito igual ao personagem tal”.

Além destes fatores o que eu mais gostei, é que o livro relata e mostra bem como é a cabeça de um psicopata. O autor estuda toda a historia dele, analisa, e vai mostrando os traumas da infância deste homem que o levaram a ser o que ele se tornou. Você começa a entender do porque o assassino escolhe famílias para serem suas vitimas. Com toda a certeza isto foi um dos aspectos que eu mais gostei, porque infelizmente no Brasil temos poucos estudos, e livros sobre esses psicopatas, sociopatas, serial killer, etc. Porem, sou suspeita para falar do livro, porque o tema central todo do livro me chama muito atenção, porque adoro casos de suspense, e quando acontece um pequeno estudo na vida de um serial killer.

photo2
Vale destacar também que a historia do policial que está cuidando do caso, é interessantíssima, e o cara é quase um gênio. Tanto que ele foi o único policial que conseguiu prender o assassino, e canibal Hannibal Lecter. Uma das cenas que mais gosto do livro é quando o policial vai consultar Hannibal, sobre o caso, e o próprio preso comenta que o policial só consegue solucionar estes casos porque ele raciocina que nem um psicopata, e que eles são iguais.
consideraçÑoes finais modelo 2Dragão Vermelho é um livro que te vicia, e não te deixa larga-lo um segundo até você chegar no final. Quem se interessa, ou tem paixão, como eu, por suspense policial, e serial killer vai amar ainda mais, principalmente por estudar, e mostrar a historia do psicopata.

Vale lembrar que os livros, sobre Hannibal Lecter, ficaram tão conhecidos, que alcançaram um nível mundial, e já tiveram quatro adaptações para o cinema: Dragão Vermelho, O Silêncio dos Inocentes, Hannibal, e  Hannibal – A Origem do Mal. E também fizeram uma série, recentemente, sobre ele, e com toda a certeza já está na minha lista de séries para ver. 🙂

Para finalizar o post, deixo abaixo o trailer da adaptação deste livro para o cinema.