Série: Making a Murderer

making-a-murderer-1200x713
Hoje vim comentar de uma série documentário que está todo mundo comentando, mas não tem como não falar. Making a Murderer. Eu criei curiosidade sobre ela por causa do tema, como vocês sabem eu amo assunto que envolvam assuntos policias, ainda mais policiais corruptos. Mas antes de chegar nesse ponto, vou dar uma resumida na história de Steven Avery, o personagem principal desta história.

Steven Avery (nascido em 9 de julho de 1962) é um americano de Manitowoc County, Wisconsin, que ficou 18 anos preso por estupro em 1985. Mas em 2003 ele foi solto, graças a um exame de DNA, que provava que ele era inocente, e quem tinha cometido o crime tinha sido outro homem.

Logo no começo do documentário já acompanhamos a saída dele da prisão e de como ele foi um dos exemplos de mal conduta de investigações entre o sistema jurídico e policial dos Estados Unidos ( e se vocês pesquisarem um pouquinho no google irão perceber que ele foi mais um número entre vários outros). Basicamente, por ele morar em uma cidade pequena e arrumar algumas confusões o xerife tinha bronca dele então ele queria se livrar do encrenqueiro da cidade. Para ficar mais claro. Este problema jurídico nos EUA de mandar inocentes para prisão é tão grave que lá existem ONGS e advogados que trabalham só para pegar este tipos de casos! 

making-a-murderer
Obviamente que Avery processou todos os envolvidos em sua condenação injusta, mas não demorou muito para logo ele ser acusado de outro crime. Desta vez de homicídio.

Foi em 2005, no meio dos depoimentos para sua ação civil contra o departamento do xerife de Manitowoc County, que Avery foi acusado e preso pelo assassinato da fotógrafa Teresa Halbach. Ele foi condenado em 2007 e sentenciado á prisão perpétua sem liberdade a condicional. O caso está sob recurso a partir de janeiro de 2016, e uma nova equipe de advogados de defesa foi anunciado, Katheleen Zellner e Tricia Bushnell.

12573820_1675193849425714_3220749348562625108_n
Montagem linda e maravilhosa dos advogados (da época) do Steven

O que intriga durante o documentário é a falta de algumas provas e a certas coisas que ficam na cara que foram combinadas, só assistindo a série para vocês poderem entender melhor. Outro ponto muito horrível nesta história toda é de como eles (investigadores) usaram e abusaram do sobrinho de Steven, Brendan Dassey o acusando sem nenhuma prova física e o sentenciaram a prisão perpétua também!

O foco da série é toda a parte jurídica, as provas e as descobertas maravilhosas que os advogados fizeram ( e que os policias não foram capazes). Making a Murderer foi lançado em dezembro de 2015, e tem cerca de 10 episódios, dirigido por Laura Ricciardi e Moira Demos.

Curiosidade: Steven pediu para assistir ao documentário, mas foi negado. Por que será ? Enfim, fiquem com o trailer abaixo e com o primeiro episódio disponível no youtube também.

https://www.youtube.com/watch?v=34M2zdLc-2U

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.