anjo mecânicosinopse
“Anjo mecânico apresenta o mundo que deu origem à série Os Instrumentos Mortais, sucesso de Cassandra Claire. Nesse primeiro volume, que se passa na Londres vitoriana, a protagonista Tessa Gray conhece o mundo dos Caçadores de Sombras quando precisa se mudar de Nova York para a Inglaterra depois da morte da tia. Quando chega para encontrar o irmão Nathaniel, seu único parente vivo, ela descobrirá que é dona de um poder que capaz de despertar uma guerra mortal entre os Nephilim e as máquinas do Magistrado, o novo comandante das forças do submundo.” Skoob
o-que-eu-achei

Anjo Mecânico é o primeiro livro da trilogia Peças Infernais da Cassandra Clare. São livros anteriores da saga Instrumentos Mortais, geralmente as pessoas lêem pela ordem de lançamento, mas eu preferi começar com a ordem cronológica. Já que eu passei horas conversando com uma fã da mesma (Ana Ferreira) pelo meu snap, e ela teve a maior paciência do mundo para me explicar tudo, e contou que achava melhor eu começar pela seqüência de tempo, pois iria me explicar muitas coisas que iria ter na saga mais para frente. E também pelo fato que a própria autora queria lançar Peças Infernais primeiramente, só não o fez por conta da editora que preferiu lançar Instrumentos Mortais antes. Acho que consegui explicar isso, certo?

Bom, neste livro temos como personagem principal a Tessa, órfã, e uma adolescente de apenas dezesseis anos. Morava com sua tia em Nova York, quando a mesma falece ela se muda para Londres, para viver com seu irmão. Porém quando chega na cidade descobre que foi sequestrada e é submetida há diversos testes por estranhas irmãs feiticeiras. Logo ela descobre que ela não é mundana (humana) e que tem poderes, com um simples toque em algum objeto pessoal ela consegue mudar seu corpo, torna-se a pessoa, a dona do objeto que está tocando.

Ela fica trancafiada, e a única coisa que sabia era que estava sendo treinada para ser entrega para se casar com Magistrado.  Até um dia ser resgata por Will Herondale, um caçador de sombras. Caçadores de sombras seriam metade anjo e metade humanos, que combatem demônios. Ele a leva até o Instituto, mas por conta por tudo que passou demora um tempo para confiar em todos a sua volta.

Captura de Tela 2016-04-19 às 19.30.39
No instituto ela conhece outros caçadores de sombra como a Coordenadora do Instituto Charlotte, e seu marido Henry, um curioso inventor. Também conhece Jessamine uma caçadora de sombras que não quer saber de nada a não ser se casar para poder sair dali, e o gentil Jem. Ele é um caçador de sombras, que parece estar enfraquecido e esconde segredos que se desvendarão ao longo da leitura.

Há muito mistério envolvido e não é só o maior de todos, por exemplo ninguém consegue entender que tipo de submundo Tessa se encaixa. Submundo é a “sociedade” deles, os vampiros, lobisomens, fadas, feiticeiros, etc.  Entre outras reviravoltas que acontece no mesmo.consideraçÑoes-finais-modelo-2A escrita da Cassandra é ótima, me lembra muito fanfic, aquela coisa te vicia. Talvez seja porque ela escrevia fanfic sobre o mundo de Harry Potter. Admito que demorei um pouco para entrar no ritmo, o começo é um pouco parado, mas o restante é super rápido e envolvente. Amei demais , só não dei 5 estrelas por conta do Will, ele é um dos personagens principais, e ele me irritou demais. Ele tem diversos pontos problemáticos no livro, chegando a ser machista, o que me incomodou.

Não entendo porque as pessoas acham que pra fazer um personagem misterioso, com aquele ar de bad boy tem que ser sempre machista, e grosseiro com todo mundo. Mas me falaram que ele melhora neste quesito e descobrimos mais fatos sobre a história dele, assim espero, de verdade. Tirando este ponto super indico a leitura. 🙂

Onde comprar: buscape, estantevirtual








Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *