Captura de Tela 2016-06-14 às 13.42.52

No post anterior eu tinha contado um pouco para vocês de como tinha sido meus primeiros dias aqui, do que estava achando das pessoas daqui e da saudades que estava sentido de casa e das pessoas. Tudo isso de uma forma bem ampla. Estive pensando e realmente é difícil encontrar somente um foco quando se sente mil coisas e se vive diversas experiências de uma vez. Mas tentarei focar em somente em um assunto por texto, porque acho que fica mais organizado.

No texto de hoje resolvi focar no fato de estar morando sozinha pela primeira vez Em São Paulo eu morava com a minha mãe, e apesar dela ficar praticamente o dia todo fora, eu tinha a companhia de mais 7 bichos comigo (2 gatos, 2 cachorros e 3 ratinhas). Além de que tinha a faxineira que vinha todos os dias, e tinha alguns parentes que morava perto. E é casa de mãe nunca falta nada.

Aqui apesar de ser uma residência estudantil todo mundo fica fora o dia todo, então dificilmente você cruza com alguém no corredor ou na cozinha. Se você está com fome e abre a geladeira não vai ter alguma comida de mais cedo te esperando, e se você for como eu e odeia cozinhar, vai ter que aprender. Admito que quando eu estou afim sei fazer comida gostosa, então ainda bem que sei fazer boas comidas.

Porque sinceramente as comidas prontas são horríveis, e são super apimentadas e cheias de calorias. Aqui dificilmente você ira achar arroz e feijão para você mesma fazer, o que é um saco. Por isso sempre estou fazendo legumes ou vegetais acompanhados com ovos. E a sua alegria do dia será encontrar produtos de limpeza que você rodava e rodava no supermercado e não encontrava alguns dias atrás.

Você vai falar sozinho várias vezes ao dia, e achar completamente normal. E por esse mesmo motivo vai ficar com um tédio extremo de escutar só você mesmo diversas vezes ao dia. E quando ficar doente não terá mimos e ninguém para te acompanhar no hospital. Aliás se vomitar, ou passar muito mal, não poderá voltar para cama, terá que limpar antes! E você tem que pegar suas correspondências sozinha também e resolver todos seus problemas sozinha também.

Mas calma nem tudo tem seu lado ruim! Você pode chegar e dormir a hora que quiser, comer aonde quiser. Arrotar e soltar vários puns. Sim, mulheres fazem isso também. :O Tirar o sutiã e ficar só de blusa e de calcinha o dia inteiro se quiser. Não fazer absolutamente NADA o dia inteiro, e não ter ninguém do seu lado falando que você não faz nada o dia inteiro, ou sair o dia inteiro e não ter que ouvir que você só sai o dia inteiro. Vá entender.

Você pode decorar as coisas do jeito que quiser e gastar o seu dinheiro da forma que quiser também.

Mas tenho que confessar uma coisa, eu preferiria estar morando na minha casa, porque ainda não estou na minha casa, ainda estou numa residência estudantil. Com meus bichos e com meu namorado ou uma amiga. Ai sim estaria ok. Viver totalmente sozinha continua sendo um pouco solitário pra mim.

Mas isso é a minha opinião, cada uma tem a sua, comente a sua aqui embaixo. 🙂








2 thoughts on “Morando sozinha em Londres

  1. eu nunca morei totalmente sozinha mas ja morei em casa de familia nos EUA sem minha mãe e eu sei mais ou menos como é, ja fiquei doente e nao tinha minha mae ali pra cuidar de mim, pra buscar meu remedio, pra me trazer comida ou me fazer sopa. Mas temos que ver que isso é um aprendizado nas nossas vidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *