Museus

 

1B9D1F5C-1275-463F-A2F5-A0979DD5E947

Olá, tudo bom? Se vocês me acompanham pelas minhas redes sociais sabem que fui (Helena) conferir a exposição “Frida Kahlo – conexões entre mulheres surrealistas no México”, que ocorre no Instituto Tomie Ohtake, aqui de São Paulo. A exposição vai do dia 27 de setembro até o dia 10 de janeiro de 2016.

A exposição apresenta uma conversa entre mulheres artistas mexicanas e estrangeiras vinculadas ao surrealismo, girando ao torno de Frida Kahlo.  Temos também María Izquierdo e Lola Álvarez Bravo, que além de compartilharem amizade com Kahlo também tinham principal objetivo do resgate da cultura e da tradições da sua terra natal. Também tem outras artistas como Remedios Varo, Alice Raho, Leonora Carrington, Kati Horna, Rosa Rolanda, Bridget Tichenor, Jacqueline Lamba, e Sylvia Fein.

4DA26F39-2AE8-43CF-B352-29586611AF77

Para entrar na exposição basta comprar o ingresso custa até R$ 10 (às terças, a entrada é gratuita) e pode ser adquirido antecipadamente pelo site da Ingresse (clique aqui), pelo app do Instituto Tomie Ohtake ou diretamente na bilheteria (crianças de até 10 anos não pagam). A dica é garantir o seu o quanto antes.

frida looks 1fotos de outras artistas

Depois de passar pela capital paulista, a exposição segue para Rio de Janeiro e Brasília. As datas ainda não foram definidas, mas já vale saber que a Frida vai dar o ar da graça em outras cidades.

endereço e horario modelo 2Instituto Tomie Ohtake

Rua dos Coropés, 88
Pinheiros – Oeste
São Paulo
(11) 2245-1900

Estação Faria Lima ViaQuatro

 de 27/09 a 10/01
Terças, Quartas, Quintas, Sextas, Sábados e Domingos das 11:00 às 20:00






 

IMG_0033
Hoje no Psycho Indica é sobre a sobre a mostra Picasso e a Modernidade Espanhola. Eu (Helena) fui conferir a exposição e me surpreendi, pois achava que eram pouquíssimas artes do Picasso que teria exposta. Não vá achando que só terá obras dele, pois tem de outros artistas também. Como o Salvador Dalí, Alberto Sánchez, José Val Del Omar, Antonio López, Francisco Bores, e outros.

Abaixo vou colocar o resumo da a mostra descrito pelos organizadores no panfleto.
“Com cerca de 90 obras, a exposição evidencia a influência de Picasso na arte moderna espanhola e os traços mais importantes e originais da sensibilidade artística que o pintor e seus contemporâneos espanhóis imprimiram ao cenário internacional das artes. A exposição faz referência ao percurso de Picasso como artista e como mito, até chegar à realização de Guernica; à sua relação com mestres da arte moderna espanhola, como Gris, Miró, Dalí, Domínguez e Tàpis, entre outros presentes na mostra; e a suas contribuições para uma noção de modernidade voltada para o tempo presente. Curadoria de Eugenio Carmona.”

Infelizmente é proibido tirar foto lá dentro, por isso não consegui mostrar alguma prévia do que vocês podem encontrar por lá. Mas consegui tirar da entrada, e de um painel interativo que reúne a obra mais famosa de Pablo Picasso.

IMG_0034
Das artes expostas podemos encontrar vários estilos artísticos como o realismo (minha preferida), cubismo, e entres outras. Vale muito a experiência,  e recomendo a todos irem. Afinal é de graça.

Vale elogiar também a organização da exposição, tudo está bem direcionado e com as informações certas, ou seja, não tem como você se perder. A amostra tem ao todo quatro andares e um subterraneo, e se você cansar e sentir fome tem, se eu não me engano, duas cafeteiras pequenas. Uma em um dos andares, e uma na saída.

Até: 25.03 a 08.06
Horário:
09h às 12h
Funcionamento: de quarta a segunda
Ingresso: grátis
Endereço: Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro
CEP: 01012-000

Para mais informações é só clicar aqui.







 


A exposição “O mundo segundo Mafalda”, que comemora os 50 anos da personagem, chegou a São Paulo no dia 17 de dezembro e fica até o dia 28 de fevereiro, na Praça das Artes, com entrada gratuita.

A exposição foi idealizada pela conterrânea de Quino, Sabina Villagra, e trazida ao Brasil pela Fundação Theatro Municipal de São Paulo em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e o programa São Paulo Carinhosa, da primeira-dama da capital Ana Estela Haddad.

Mafalda 1

Mafalda é a personagem mais famosa do cartunista argentino Joaquín Salvador Lavado Tejón, conhecido como Quino. A pequena contestadora foi desenhada entre 1964 e 1973, nas palavras de seu criador, Mafalda ama os Beatles, a democracia, os direitos das crianças e a paz, nesta ordem, odeia sopa (alusão ao autoritarismo), armas, guerras e James Bond.

A exposição possui diversos ambientes que recriam as tirinhas de Quino, como o carro em que Mafalda passeava com sua família, uma antiga vitrola, diversos globos que representam a visão da Mafalda sobre o mundo, e um espaço interativo para as crianças.

Mafalda 3

Mafalda ainda é atual, é um dos quadrinhos mais usados em vestibulares e livros didáticos. Quino parou de desenhar a personagem cinco dias depois de um dos dias mais trágicos da história argentina, o massacre de Ezeiza.

“Deixei de desenhar a Mafalda num momento em que na Argentina já corria sangue e havia uma situação muito perigosa. Mafalda não podia ignorar os crimes, nem nada disso, mas se os comentasse quem não poderia comentar mais nada seria eu”, declarou Quino ao receber uma homenagem na Feira Internacional do Livro (FIL) de Buenos Aires.

Mafalda Quino

endereço e horario modelo 2“O mundo segundo Mafalda”

Praça das Artes – Avenida São João, 281, Centro, São Paulo

Diariamente das 9h às 20h até 28/02

Entrada gratuita

 







 

KURT unplugged
O museu MIS ( Museu da Imagem e Som), de São Paulo, abriu a nova edição do Estéreo MIS que abre espaço para artistas independentes, e foi marcado para hoje a comemoração de aniversário do álbum acústico do Nirvana.

O disco foi lançando em novembro de 1994, alguns meses depois da morte do vocalista, Kurt Cobain, que logo se tornou um clássico da época e do rock, tendo sua estréia no 1º lugar do Top 200 da Billboard. O grupo selecionado para fazer o cover  foi o Seychelles, eles reproduziram o disco na íntegra, respeitando todos os arranjos apresentados durante a performance do Nirvana, para a MTV americana. O grupo ira até usar os mesmos instrumentos para se aproximar ainda mais da obra original.

Aproveitem, pois este evento só ira ocorrer hoje.

endereço e horario modelo 2ONDE: Museu da Imagem e Som, Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777
QUANDO: Hoje (14), às 21h30
QUANTO: R$ 14,00







 

IMG_0746
Olá, tudo bom com vocês? Hoje eu tive que dar uma mudada no cronograma do blog, normalmente o Psycho Indica fica sempre para sexta-feiras, e segunda-feiras sempre tem uma resenha literária para vocês, mas tive que abrir essa exceção, porque a exposição que eu fui nesse fim de semana, acaba neste próximo (12 de outubro), então não faria sentido eu falar dela para vocês faltando apenas dois dias para seu encerramento. Por esses motivos dei essa pequena mudada, mas só nessa semana, na próxima volta ao cronograma normal.

O antigo Hospital Matarazzo que está fechado há cerca de duas décadas, e é localizado na região da Avenida Paulista, recebeu uma exposição que reuniu cerca de 90 artistas contemporâneos brasileiros e estrageiros. As enormes casas foram construídas em 1904, ainda não foi reformada, é palco desta “invasão cultural”.

IMG_0736
O curador de “Made by…Feito por Brasileiros”, Marc Pottier, disse ter convidado artistas a desenvolverem trabalhos especialmente para o espaço que abrigou uma maternidade onde nasceram 500mil paulistanos. O grupo francês Allard fará no próximo ano, depois do encerramento desta exposição, uma grande reforma no espaço, que fica no bairro Bela Vista. No espaço, que tem 27 mil metros quadrados, será instalado o Centro de Criatividade, que incluirá salas de cinema, estúdios de produção para filmes, música e arte, espaço para o desenvolvimento de artesanato e moda.

Resumindo, as casas estão do jeito que estavam enquanto fechadas, isso é o mais legal, faz uma mescla incrível entre o antigo e o moderno, com as obras expostas. Tirei algumas belas fotos lá dentro, só que eu vou dar uma dica gente, não vá de fim de semana é lotado e tem pessoas que fazem book lá dentro, é serio. Vá em algum dia de semana, na parte da manhã, quando está mais vazio e você tem tempo para ver todas obras, eu mesma não consegui, porque fui tarde e tinha muita gente. Aliás, o número de pessoas que “fechavam” uma sala para ficarem tirando selfie, e o amiguinho ficar tirando fotinhos da amiga era tão grande que chega a irritar, vá para ver a exposição, não pra ficar fazendo poses num prédio antigo só pra por no instagram. Garanto que vale mais a pena.

IMG_0737IMG_0738IMG_0739IMG_0740IMG_0741IMG_0742IMG_0743IMG_0744IMG_0745IMG_0748IMG_0749
endereço e horario modelo 2Endereço: Alameda Rio Claro, 190, Bela Vista
De 9 de setembro a 12 de outubro
Terça a domingo, das 9h às 17h.
Entrada gratuita