Jogos Vorazes: Livro x Filme

10390050_772799619434722_6676050649314721364_n

Ontem (18/11/14) nós (Helena e Dandara) fomos na pré-estreia do filme Jogos Vorazes: Esperança – Parte I, e meu deus, o que foi esse filme?

Já sabíamos que iria ser uma excelente adaptação por conta dos filmes anteriores (Jogos Vorazes e Jogos Vorazes: Em Chamas), mas também, uma das roteristas, Suzanne Collins, é a autora dos livros que deram origem aos filmes. Então não tinha como não ser uma bela adaptação, com pequenas mudanças.

Este filme é baseado no último da trilogia, ainda não fizemos resenhas deles, mas aguardem porque já está na nossa lista, ainda mais por ser um dos nossos favoritos. Dezembro vamos reler a trilogia.

o nos achamos10734093_836068749776992_1690986863696338173_n

Esperança – parte I foca mais nos conflitos internos da Katniss e na construção da sua imagem como Mockingjay (não gosto da palavra tordo – Dandara), o símbolo da revolução, e sem toda aquela enrolação de triângulo amoroso, que ainda bem ficou sutil nesse filme. (Ainda bem mesmo, odeio triângulos amorosos – Helena)

O filme é bom, as poucas cenas de ação e os levantes dos moradores dos Distritos conseguem empolgar, particularmente foi o que eu (Dandara) mais gostei, o povo se inspirando nas falas da Katniss nos vídeos propaganda da rebelião. O diretor ainda conseguiu encaixar humor em algumas cenas com a Katniss, o Haymitch, Effie e o gato da Prim. Que por sinal lembra muito o meu gato, Rony. coracao-1_xl (Helena aqui)

No filme ficou muito no ar a formação do Distrito 13 no subsolo, as regras, o sistema político, senti falta de uma contextualização melhor, tanto da realidade do distrito quanto da rebelião. Mas vamos aguardar o próximo filme.

10309705_836068699776997_4062935812413313194_n

adaptação dos atores1920970_772830316098319_5568533503858447091_o

Como sempre a Jennifer Lawrence simplesmente detonou. Ela está incrível e realmente conseguiu passar a dor e os desafios que a Katniss suportou. Um fato interessante já que no livro eu (Helena) não me emocionei tanto, e nem fiquei com dó, já no filme foi bem diferente. Já o Peeta, tanto eu como a Dandara (e ela nem gosta dele) ficamos com muita dó dele, principalmente por conta das torturas que ele sofre na Capital.

A Jennifer continuar incrível como Katniss, a adaptação da personagem é muito boa. O que me incomoda (Dandara) na Katniss é essa indecisão, uma hora quer fazer parte da rebelião, outra hora quer fugir para a floresta. O Josh interpreta muito bem o Peeta, meus problemas são com o personagem mesmo, acho o Peeta fraco, (tadinho 🙁 Helena aqui), mas a evolução das consequências das torturas na aparência física ficaram impressionantes.

Senti falta do Gale nesse filme, ele quase não abre a boca e no livro ele tem uma participação muito maior. Ele é muito mais consciente do que a Katniss sobre a situação do Distrito 13 e sobre a necessidade de uma rebelião. Ele não exita e no filme ficou parecendo que ele não tem uma função ali, só estava preenchendo a cota de pessoas bonitas na tela.

Já eu (Helena) não gosto muito do Gale, sou do #TeamPeeta, creio que ele tem uma parte fundamental para revolução, mais no livro como no filme, mas creio que por conta do ciúmes que ele sente pela Katniss, acaba jogando sua raiva no Peeta, algumas cenas desse filme o telespectador consegue perceber este fato, e como Gale argumenta certas atitudes de Peeta, dizendo que ele faria diferente, mas eu acho muito fácil falar quando se está de longe.

Effie substituiu toda a equipe de preparação da Katniss, eles nem aparecem no filme, mas também não fizeram falta.

No filme eles suavizaram muito a Coin, no livro ela é muito mais implacável e completamente sem paciência para os dramas da Katniss.

consideraçÑoes finais modelo 2

Nós amamos essa trilogia e os filmes principalmente porque a personagem principal é uma garota. Mas não aquela sonsa de sempre no meio de um triângulo amoroso. A Katniss é forte, decidida e não está a espera de um príncipe encantado para salvá-la, na verdade ela não tem paciência para os dramas emocionais do Peeta e do Gale (eu, Dandara,prefiro mil vezes o Gale, mas enfim). Ela faz o que precisa fazer para sobreviver e por aquilo que ela acredita. Além dela, temos vários outras personagens femininas muito interessantes como a Johanna, Coin, Cressida, Effie e até mesmo a Prim.

Eu (Dandara) vejo que as pessoas tem preconceito com a série sem nem ao mesmo assistir os filmes, por ter um público adolescente (como se isso fosse um problema, acho ótimo adolescente curtindo guerrilha urbana – e eu tenho 23 anos e amo essa série, minha irmã tem 18 e ama também, e amigos de idades variadas também amam) e porque o personagem central é uma garota. A Suzana Colins conseguiu reunir várias referências (que vão ficar para as resenhas do próximo mês) de outros livros e os filmes conseguem captar a essência da história.

Obs: odiei o poster, por que raios distribuíram poster com o presidente Snow???

 

https://www.youtube.com/watch?v=0tiqKppQJQE

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.